Ex alunos do curso de Fotografia do Projeto Transformação participam de exposição virtual do Museu Casa Alphonsus de Guimaraens em Mariana.

Entre os dias 1º e 23 de julho de 2020, o Museu Casa Alphonsus de Guimaraens realiza, em suas redes sociais, a exposição virtual Alphonsus: Ruas e Luas, uma homenagem aos 150 anos de nascimento de Alphonsus de Guimaraens e também às três cidades mineiras em que o poeta viveu: Ouro Preto, Conceição do Mato Dentro e Mariana.

Para comemorar os 150 anos de nascimento do poeta, celebrado no dia 24 de julho, o Museu Casa Alphonsus de Guimaraens convidou fotógrafos das três cidades onde o poeta viveu para expor suas imagens produzidas no mesmo ambiente que inspirou a produção artística do poeta. 

Entre os fotógrafos convidados, 04 deles foram alunos do curso de fotografia do Projeto Transformação em Ouro Preto e Mariana. São eles, Andréa Dias, Leonardo Brandão e Mila Damasceno de Ouro Preto e Marcos Benhami de Mariana. Em um momento iluminado do olhar, assim como Alphonsus de Guimaraens, os fotógrafos transformam as cidades em poesia.

A exposição “Alphonsus: Ruas e Luas” está organizada em três módulos:

Módulo I – compreende o período de 1º a 8 de julho, quando serão publicadas imagens de fotógrafos de Ouro Preto;
Módulo II – compreende o período de 9 a 16 de julho, quando serão publicadas imagens de fotógrafos de Mariana;
Módulo III – compreende o período de 17 a 23 de julho, quando serão publicadas imagens de fotógrafos de Conceição do Mato Dentro.

A exposição virtual pode ser visitada nas redes sociais do Museu nos links:

Facebook: https://www.facebook.com/museualphonsusdeguimaraens/

 

Instagram: @museualphonsus

 

O escritor

Afonso Henriques da Costa Guimarães nasceu em Ouro Preto em 24 de julho de 1870. Graduou-se em Ciências Jurídicas pela Faculdade Livre de Direito de Ouro Preto em 1894. Ao longo da vida, exerceu o cargo de promotor de justiça e juiz municipal. Alphonsus de Guimaraens, como ficou conhecido, é considerado um dos maiores poetas simbolistas brasileiro. Em vida, Alphonsus de Guimaraens publicou as seguintes obras: Septenário das dores de Nossa Senhora (1899); Câmara Ardente (1899); Dona Mystica (1899); Kyriale (1902); Mendigos (1920). Postumamente foram publicadas as obras: Pauvre Lyre (1921); Pastoral aos Crentes do Amor e da Morte (1923); Escada de Jacó (1938); Pulvis (1938); Poesias (1938, 1946, 1955, 1963); Poesia (1958); Obra Completa ((1960); Cantos de Amor, Salmos de Prece (1972); Os Melhores Poemas de Alphonsus de Guimaraens (1985); Poesia completa (2001); Ismália (2006).

Alphonsus de Guimaraens (Ouro Preto, 1870 – Mariana, 1921)

 

 

Ex alunos do curso de Fotografia do Projeto Transformação participam de exposição virtual do Museu Casa Alphonsus de Guimaraens em Mariana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *